top of page
  • luis1535

Copa do Mundo Feminina: Conheça as convocadas com passagem no futsal


O Brasil está na contagem regressiva para a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino. A amarelinha entra em campo nesta segunda-feira (24 de julho), contra o Panamá, na Austrália. A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) fez um levantamento e descobriu quantas atletas convocadas possuem passagem pelas quadras antes de se consolidarem nos gramados.

Na nona edição do mundial, o Brasil está no grupo F ao lado de Panamá, Jamaica e França. Em busca do título mundial inédito, a treinadora da Seleção, Pia Sundhage, realizou a convocação dia 27 de junho. Das 23 selecionadas na lista inicial, 11 atletas possuem registro no sistema da CBFS, com passagem por clubes do futsal brasileiro. Isso mostra como a experiência nas quadras contribuiu para o desenvolvimento das jogadoras.

A atacante, Nycole, cortada da lista nesta semana por lesão, iniciou a carreira nas quadras no Centro de Desenvolvimento Desportivo Esportival Fut Art (DF). O último clube da profissional foi a Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (DF). Atualmente, no campo, a atacante defende as cores do Benfica, em Portugal. Angelina, substituta de Nycole na Seleção, iniciou a carreira direto nos gramados.

O futsal proporciona um ambiente de jogo rápido, técnica refinada e tomada de decisões ágeis, devido ao espaço reduzido. Essas habilidades adquiridas nas quadras acabam sendo transferidas para os gramados. A rainha do futebol também já passou pelas quadras e possui registro na CBFS. Seis vezes melhor jogadora do mundo no futebol e maior artilheira da história das copas, Marta, defendeu as cores da Associação Atlética Banco do Brasil, em Belo Horizonte (MG) e o último clube no futsal foi a ASDC, também em Minas Gerais.



No setor defensivo, das dez selecionadas, somente três não têm passagem pelas quadras. As convocadas Antonia, Lauren e Tamires iniciaram a carreira direto no campo, enquanto as defensoras, Bruna, Kathellen, Monica e Rafaele já defenderam clubes no futsal brasileiro. As três goleiras convocadas, Bárbara, Camila e Letícia também passaram pelo futsal antes de migrar aos gramados. Isso demonstra como a experiência nas quadras pode contribuir para aprimorar a marcação, o posicionamento e a leitura de jogo, habilidades fundamentais para uma boa defesa no futebol de campo.

No meio campo, todas as atletas selecionadas iniciaram a carreira direto no futebol. Já no setor ofensivo, além da rainha Marta e da atacante, Nycole, cortada da lista por lesão. As jogadoras Geyse e Debinha defenderam times no futsal antes de se consolidarem nos gramados. Essa vivência nas quadras proporcionou o aprimoramento técnico, agilidade e criatividade no drible, características que se mostram essenciais no jogo ofensivo do futebol de campo.

Com um papel significativo na formação das jogadoras de futebol de campo, o futsal contribui para o desenvolvimento de habilidades técnicas, tomada de decisões rápidas e adaptação a diferentes situações de jogo. As atletas que tiveram experiência no futsal antes de migrarem para o campo possuem uma base sólida que vai auxiliar nas performances durante a Copa do Mundo Feminina e em suas carreiras como jogadoras de futebol.

Confira a lista completa de atletas registradas na CBFS:

Goleiras: Bárbara, Camila e Letícia

Defensoras: Bruna, Kathellen, Monica e Rafaele

Setor ofensivo: Marta, Nycole (cortada por lesão), Geyse e Debinha


Por Lucia Chaves - Imprensa CBFS • Barueri | SP

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page